Escolha uma Página

 

A mudança está decidida e acontecerá nos próximos dias. Ela foi confirmada hoje (31), na Feira do Teatro, pelo ainda presidente do IPMC e chefe de Gabinete do prefeito Leonaldo Paranhos. O advogado Alcineu Grubber arruma as malas e será o novo responsável pela Coordenadoria Regional da Casa Civil do governo estadual, onde já atuaram Eliezer Fontana, Sérgio Terres e Juarez Berté. Se trata de um projeto maior, visando continuar o crescimento de Cascavel em harmonia com a região, explica. O Instituto de Previdência dos Servidores do Município de Cascavel se encontra organizado, breve chegando à sede própria, conta um entusiasmado
Grubber. A mudança repentina causou surpresa no setor político. Assessor do então deputado nos dois mandatos, ele acompanha Paranhos com fidelidade canina há mais de 25 anos. Sistemático e obstinado, o comportamento já lhe rendeu dissabores com políticos não tão compreensíveis. Alcineu ainda ignora quem o substituirá.

Suco e Leo Rigon?

No IPMC o prefeito pode nomear como interino o secretário de Finanças, Renato Segalla, que já acumulou as funções algum tempo no ano passado. No Gabinete, quem está bem cotado é o empresário e ex-superintendente da Acesc, Leo Rigon, podendo acumular a Secom, ou vice versa, economizando uma nomeação de R$ 15 mil em tempos de Índice Prudencial estourando na casa dos 52%. Na Cohavel avançou o ingresso de Alexandre Guerino, o Suco, tendo como padrinho o licenciado vice prefeito Jorge Lange, atual presidente da Cohapar Paraná. Quem também pediu para indicar o próximo dirigente da Companhia Habitacional foi Adelino Ribeiro, recém instalado titular na Secretaria de Obras e Serviços Urbanos. Parece que não vai levar.

Compartilhe essa notícia