Escolha uma Página

 

O clima está pesado e o presidente Alécio Espínola quer garantias de segurança nas dependências do Legislativo entre amanhã e quinta. Ele assinou hoje Resolução estabelecendo que o acesso ao prédio para assessores e visitantes em geral será apenas pela entrada principal, via Rua Pernambuco. A restrição começa amanhã (26). A exceção são os vereadores. Eles continuarão acessando a porta lateral do estacionamento. A medida pretende reforçar a tranquilidade especialmente de quem participar da sessão de votação da perda ou não de mandato do vereador Damasceno Júnior, às 9hs do dia 28. Os agentes encarregados do monitoramento redobrarão cuidados e usarão o detector de metais, normalmente desativado.

Renúncia à vista

Nos corredores da Câmara aumentaram rumores de que Damasceno Júnior poderá renunciar ao cargo nesta terça-feira ou depois de amanhã. Se fizer isso, escapará da cassação. Ele nega disposição de entregar os pontos e se declara inocente da acusação de exigir parte do salário de assessores ameaçados de demissão.

Compartilhe essa notícia